5 de março de 2011

Meu anjo;

Perdi. Perdi um anjo, um amor, um protetor, um guerreiro, um amigo... Dói demais, como dói perder você! Pensei que as nossas vidas seriam marcadas pelo amor, mas não foi possível. Não me importo com o que está por vir, sei que você não é o amor da minha vida, mas me importo com você. Eu quero é você. Por que insistem em nos afastar? Por que esse imenso vazio entre nós? Conheço a tua dor, o teu sofrimento. Meu anjo, como dói sentir isso, meu corpo dói de sofrimento, dói porque é um martilho ficar sem você, saber que estamos sendo afastados por causa do destino.
Preciso de você, anjo. Preciso saber onde está e o que está fazendo... Queria escutar a tua voz, nem que seja pra dizer: “Não podemos ficar juntos...”. Nunca lhe culparei por nada que aconteceu, nunca vai ser culpa nossa e nem de ninguém, apenas do destino.
Não te amei o suficiente, deveria ter me dedicado mais, expressado o quanto eu amo você. Sei que em breve o amor da minha vida está para chegar, mas nunca vou deixar de te amar, porque você é meu anjo, meu amigo, meu protetor e o cara que eu queria estar. Não pense que é porque não vamos ficar juntos que o amor acaba. Nunca, meu guerreiro, você sempre permanecerá na minha memória viva. Impossível esquecer você, do quanto me fez bem.
 Já te disse que é um anjo? Sim, um anjo. Aquele que me disse: “O que vai ser de mim se você partir?” Você me salvou da morte, quanto o meu corpo entrou em momento insano e não quis mais nada com a vida, a morte era a melhor escolha. Mas não, você estava lá e me mostrou que tinha pessoas precisando de mim, mostrou o quanto posso fazer falta.
Lembra quantas vezes brigamos por ciúmes? Nenhuma dessas brigas resulta no tamanho da dor que sinto. “Gatinha” dói demais lembra você me chamando assim, dizendo que eu era apenas uma criança e que te dava tanto orgulho.
Por que a dor permanece? Não queria que você sentisse a minha dor, mas está sendo impossível lutar contra ela. Não consigo mais esconder o quanto eu penso em você, o quanto eu fico vendo a sua foto e lembrando você falando de nós dois juntos. Só precisava dos teus carinhos, sentir você uma única vez.
Tenho uma certeza: nós ainda vamos ficar juntos novamente. Não importa quanto tempo custar, anjo, mas nós ainda ficaremos juntos. Desculpa por não te amar o suficiente e até mesmo não demonstrar como queria. Só queria te fazer feliz e não consegui, causei dor a nós dois. Mesmo assim, obrigada por me fazer feliz, por sonhar e me mostrar como é amar alguém, por mais que isso cause dor, você me ensinou a amar e a respeitar quem amamos!
Guerreiro, eu te amo.

Queria que você soubesse que adoro o jeito que você sorri
Quero te abraçar bem forte e levar sua dor pra bem longe
Eu guardo a sua fotografia, e eu sei que ela me faz bem
Quero te abraçar bem forte e roubar sua dor  
Broken - Evanescence e Seether 

5 comentários:

Hugo de Oliveira disse...

Brilhante esse texto...adorei.

abraços

Jéssica Trabuco disse...

Lindo!

Debbys disse...

que triste.. mas cm saber se ele não é mesmo a pessoa certa?

bjss

''Tay' disse...

Muito lindo o texto, adorei.

bjus =*

Cáh disse...

perder é sempre.... perder!


lindo seu blog... achei ele procurando umas coisas sobre o livro 'É tarde para saber' que por sinal é meu preferido.


Um beijo