4 de dezembro de 2009

Metade de Mim [2]

Em uma tarde chuvosa, ouço uma batida na porta de minha casa, me levanto do meu confortável sofá e vou atender a porta. Era ele, o dono da metade de meu coração, aquele que me fez sangrar por dentro e derramar lágrimas desesperadas.
Logo que abro a porta pergunto:
- O que você quer aqui? – digo ríspida.
- Quero conversar com você.
- Conversar o que? Dizer que não fez nada, que não sabe de nada, que é inocente. Ah, pode da meia volta e ir embora não tenho tempo para papinho.
Quando estou a ponto de fechar a porta na cara dele, sim uma mão contra a porta que consegue abri-la novamente.
- Quero conversar com você e é serio. – disse ele.
- Então fale!
- Eu te amo – disse ele com lágrimas nos olhos.
- Se me ama porque levou a metade de mim e me fez chorar?
- Eu precisava de um tempo pra mim, para colocar as idéias no lugar. Mas agora eu estou aqui querendo retoma a nossa vida juntos!
- Não quero a nossa vida junto de volta! Só quero a metade de mim que você levou!
- Só posso te devolver essa metade se você estiver ao meu lado, eu te ajudo a reconstruir esse pedaço que te falta. – disse ele com um sorriso torto entre os lábios.
Começo a tremer, o coração dispara as palavras não vem.
- Não sei se devo voltar para você, mas eu ainda preciso da metade que me falta. Quer saber? Deixe, prefiro tentar construir ela sozinha! – disse em um tom irônico.
- Agora vá embora! – disse eu.
Ao tentar fechar a porta novamente em sua cara, sinto sua mão contra a porta e ele consegue abri-la novamente. Quando me vejo estou em seus braços, tento sair dali, mas não consigo. Tento me debater mais ele me agarra com força e sinto seus lábios nos meus, tudo que eu sentia passou, parece que a metade do meu coração esta sendo construída com a cada toque do seu lábio no meu. A uma força que envolvia nossos corpos e reconstruía minha metade que faltava.

P.S.: Me deu uma vontade de continua o texto. *-* Espero que gostem!

Beeijo e Boa Sexta-Feira!

14 comentários:

D* disse...

Gostei sim senhora :D

Juliano disse...

Mas é claro que a gente vai gostar, carol você é uma escritora e tanto.

Beijoooos

Stéphanie Lopes disse...

owwun *-*
me apaixono com td oq vc escreve ;
maiss e esse homem nao merece uma segunda chance ?


aaah vc nao sabe o tanto q fico feliz sabendo que vc gostou do meu conto *-* . uma pessoa q nem vc gostar nhaa é um prazer heheh

beijoquinhaas ♥

carla l. disse...

Adoro esse tipo de reconciliação, hehe.

japanese lollipop disse...

Mais uma vez, muito lindo :)

juü s.e.p disse...

"parece que a metade do meu coração esta sendo construída com a cada toque do seu lábio no meu" UAU!

Brunna disse...

Ficou a coisa mais linda! Não ligue para o "coisa" é que estou rindo a toa agora rs
Você escreve super bem!
Beijão

Debbys disse...

eu chutava ele pra fora....

se eu fosse mais racional... mas cm sou sentimental, adorei!! ^^
bjusss

Crispi. disse...

Ficou muito bom!
Um amor tumultuado, quem já não teve, não é?
Beijos!

Stéphanie Lopes disse...

ooi
passei rapidinho p desejar uma otima noite amor

beijinhos

Fii disse...

voltas amorosas não existem! Brinks, dsdasgyuagdsyuguasydgas
texto legal :)

Jéssica Trabuco disse...

Que linda essa continuação *--*

Day. disse...

Coooontinue! *---*

Rebeca Rocha disse...

que liiindoo *-*

to te seguindo floor!
dá uma passada la depois :**
http://rebecarocha14.blogspot.com/