1 de dezembro de 2009

Metade de Mim

Naquela manhã de sol, me encontrei sentada na varanda com a xícara de café na mão, fiquei avistando a paisagem e lembrando dos momentos que vivo, eram momentos bons. Tudo que eu lembro por mais que seja bom dói meu coração, parece que está tudo na solidão. Encontro-me assim há vários dias, mas porque isso agora?! Eu tenho a melhor família do mundo que me traz felicidades, os melhores amigos, o meu trabalho que eu amo minha casa, meu bem estar. Mas não adianto eu me sinto assim como se alguém estivesse levando uma parte de mim que arrancou com tanta força que com o passar dos anos ela ainda dói.
Terminamos tudo acabou só que agora eu vejo que você levou essa parte de mim, você a arrancou e está me fazendo sangrar como ninguém havia feito antes. Por que fez isso comigo? Não quer me ver feliz? Tudo dói em meu coração, você conseguiu deixar aqui só a metade de meu corpo, porque a outra você levou, mas mesmo assim eu não consigo viver sem essa metade. Lágrimas vêm aos meus olhos. Eu quero essa metade de mim que você levou, e cadê você para me devolver? Eu quero, eu quero agora! Mas minhas forças estão acabando não consigo sair de onde estou para te achar e você me devolver o que me pertence.
Minhas forças acabam por aqui e você continua com a metade de meu coração.

P.S.: Espero que gostem! Ah, e desculpa meu sumiço novamente!
Beijo e Boa Semana!

17 comentários:

Juliano disse...

Mas é claro que gostamos Carol, você escreve muito bem, e sempre sobre o amor.! *_*

Beijooos

D* disse...

Oooh eu gosto tanto destes teus textos :) São lindos mesmo!

Mary disse...

Saudade dói, né... E como dói...

=D
M.

carla l. disse...

Podemos ter tudo, mas nos sentiremos sem nada se nos faltar justamente o que mais desejamos.

Jéssica Trabuco disse...

Forte e triste o texto.
Desculpar o sumiço? uuhhm.. vou pensar no seu caso!
uhauha...

Brincando.. claro que desculpo!
Faz falta lah no blog, mas eu entendo a correria!
Beijo!

japanese lollipop disse...

Pois, já não passava aqui há algum tempo, nem tu no meu, xD
É altura de muitos trabalhos, é por isso.
Gostei do texto, como sempre :)
Beijinho*

''Tay' disse...

Ual, você escreve muito bem *-*

bjus floor ;*

Stéphanie Lopes disse...

Naassaa
perfeitooo *---*
mt boom
aah some naoo amore , a gente sente mt sua falta

Beijocas .

Debbys disse...

adoro esses seus textos, apesar desse ultimo ter sido triste.. xD
bjuss

Fii disse...

Nem sempre o que possuímos é digno de nos completar.

Marie disse...

"...Mas minhas forças estão acabando não consigo sair de onde estou para te achar e você me devolver o que me pertence."
Ameiii essa parte!!! De mais

Bertonie disse...

Ignore-se!
A vida encarregar-se-á de trazer essa metade de volta, mesmo que de um jeito diferente (:

Stéphanie Lopes disse...

OOi amoor
fiz láa aksopak
acho q nem foi um conto
sei la aksopaks
passa la dps p vc ver e me fla oq achou

beijooocas *-*

Giovanna disse...

ficou lindo :x as vezes sinto isso ;(

clariinha.santana disse...

Aiin, que texto liiindo! Doído, mas, lindo! O amor tem dessas coisas, mas nem precisa de maiores preocupações, só se prepara pra a volta de sua 'metade', ela sempre está por perto...

Rafael disse...

Não, não desculpo. Se sumir de novo, irei assassinar meu suicídio.

Brunna disse...

Amei! Vou ler a continuação! ^^