14 de junho de 2010

Memórias

Me encontro sentada no terraço da minha casa na praia, visualizando os prédios e escutando o som do mar. O sol bate fraco em minha face.
Memórias que eu não quero lembrar vêm em minha mente, talvez elas me perturbem. Mas porque depois de tanto tempo ainda tenho você na memória, eu quero tirar de mim essas lembranças e não consigo, mas tudo que vem a minha mente são os momentos bons que passamos. Quando caminhávamos na praia de mãos dadas esquecendo-se do tempo e as ondas do mar batiam em nossos pés e você me abraçava para eu não sentir frio. Nas noites de inverno que nos acendíamos a lareira e ficávamos agarradinhos nos sofá planejando a nossa vida.
A vida tirou você de mim. Tirou a metade do meu coração, a metade da pessoa que eu me erguia para viver. A sua morte ainda dói em mim, apesar desses 10 anos, parece que você foi embora ontem. As suas marcas ainda estão em minha alma, o seu cheiro esta na minha roupa.
Eu queria que você estivesse aqui, mas o que me resta de você são as memórias que quero esquecer.

Bom esse conto eu tinha escrito a tempos, decidi postar aqui.
Beijos :*

14 comentários:

Debbys disse...

ah, sério??? cartões feitos por nós são tudo neh?? xD
bjss

Florentino disse...

lindo amiga é muito bom ter memorias de momentos que vivemos. beijo.

Mandy disse...

Que lindo Carol. *-* É muito triste querer esquecer alguém e não conseguir porque tudo ao redor nos faz lembrar dele. =/ Sei como é isso, em partes. Achei lindo mesmo.
Beijooos
Mandy

Mandy disse...

Aah, e ficou lindo esse novo layout. :D

Rebeca Rocha disse...

Perfeito.

Daninha disse...

As memorias sempre insistem em voltar, bem normal .-.
Beijos

Ana.K disse...

Linds os contos de Carol *.*
Vai dar livro *-*

@juusep disse...

Lay tá liindo *-* Contos, perfo!
;*

Henrique Miné disse...

se tudo que ela quer é a presença dele, não dveria tentar esquecer as memórias, talvez elas ajudem um poouco...

Beeijos, e parabéns pelos belos contos! =)

Jeniffer Yara disse...

Nossa que Lindo!*.* E triste...ahh muito bem escrito =D

Bjs!

Debbys disse...

Ah, que triste.. assim, a história, mas o texto ficou perfeito!! xD

bjss

Keizy Barreiro disse...

E eis que surge mais uma escritora?
Espero que sim
Pois gostei do seu conto. Muito bom mesmo, viu?
Parabéns

Lindo lindo seu blog

Beijos

Igor Nogueira disse...

Adorei seu conto , é muito verdadeiro essa é a noção que eu tive quando eu li , uma coisa bem pessoal bem criativa gostei muito.

Arthur D'mello disse...

quem dera se tivéssemos memória seletiva, mas como não temos, devemos aprender a superar as más lembranças.